Prendam os Vândalos e depredadores do patrimônio público! Cadeia para os Bethlens da prefeitura!

Charge Eduardo Paes caça prof

Verba da Educação pagou contas de escolas de samba
Rio – Um total de R$ 46 milhões que deveria ter sido investido nas escolas do município do Rio foi usado para pagar dívidas de água e esgoto de seis escolas de samba, da Liga Independente (Liesa), do Sindicato de Empresas de Ônibus (Rio Ônibus), do Riocentro e da própria Prefeitura.
A constatação está na avaliação feita pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) sobre a gestão do prefeito Eduardo Paes no ano de 2011. Jornal O Dia 11.07.2012

Dinheiro público no ralo das terceirizações e privatizações

O homem de confiança de Sérgio Cabral/Pezão e Eduardo Paes, Rodrigo Bethlem não fez nada além do que cumprir com seu papel como agente do governo.
Receber propina em troca do favorecimento de empresas.
Será que alguém aqui considera que as terceirizações e privatizações que acontecem em nossos dias é fruto de alguma filosofia ou crença de que a iniciativa privada é mais eficaz do que o que o que é público? Não, é claro! A única justificativa para esta maldita política privatista que vêm tomando conta de nosso Estado, é justamente a facilitação para a corrupção com o dinheiro público onde homens públicos e empresários garantem muita verba para seus bolsos.
Desde o início da gestão de Paes esse sindicato vem denunciando as suspeitas de desvios e corrupção envolvendo empresas e “homens” da prefeitura.
A ONG envolvida no esquema de propina foi denunciada pelo tribunal de contas da própria prefeitura em 2012 por uma série de irregularidades de superfaturamento, além de receber por serviços que não prestara.
Nada de novo até aqui, a não ser o fato de uma denúncia vinda da própria casa do ex-secretário, braço direito, homem forte do governo e compadre de Eduardo Paes. A denúncia de que o homem forte de Paes não é honesto e se apropria de verba pública a partir de “ retornos” de empresas. E Paes não sabia disso. Será mesmo?
Será que ainda será preciso explicar por que o dinheiro público deve ser utilizado com o serviço público e para o interesse coletivo?
Não é de hoje que precisamos de investigações na gestão dessa prefeitura.
A cartilha “Meritocracia um novo olhar para as verbas da educação” lançada pela CSP Conlutas em plena greve de 2013, também alerta para o significado real da meritocracia como uma política do lucro com a educação e a facilitação para a corrupção com as verbas públicas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s